Dicionário de Moda

A
Anatômico: vamos aproveitar o dicionário para explicar a diferença entre anatômico e ortopédico. Como a moda anda rondando estas qualidades, é bom saber que uma peça é anatômica quando segue a forma do corpo. E é ortopédica quando pretende consertar, retificar, colocar na posição certa alguma parte do corpo. Em geral, temos sandálias anatômicas, quando o solado segue a forma do pé (vide Birkenstock). E sapatos ortopédicos são corretores de arco, pé chato, etc (vide Dr. Scholl).

Ankle-strap: sandália ou sapato que tem uma tirinha em volta do tornozelo. Ou várias tirinhas, no estilo gladiadora curta.

Anklestrap da grife Cecconello

Anti-fit (diga: “antifít”. Apesar de que em alguns estados americanos há quem diga “antaifít”) quer dizer sem forma justa, ou largo.

Antipilling: processo que elimina os pelos e bolinhas que possam se formar nos tecidos, toalhas e suéteres

B
Backstage:
em inglês, “back” é atrás e “stage” é palco. Portanto, atrás do palco (ou passarela) só pode ser o camarim ou os bastidores.

Baggy* (diga “bégui”): palavra inglesa, na moda designa a calça com folga nos quadris. Foi moda nos 80, e ficou no guarda-roupa brasileiro muito mais tempo do que nos outros países; quando viajava, o turista brasileiro era reconhecido pelo corte fofo das calças jeans.

Barbarella personagem de cinema, de filme do mesmo nome do diretor francês Roger Vadim, com a americana Jane Fonda no papel da heroína sexy-futurista.

Bistretch (diga “bistretch”): diz-se do tecido que tem fio elastano em dois sentidos, no horizontal e no vertical.

Bo.Ho. (diga “bourou”): é o estilo Bourgeois Bohème, como ficou conhecido na moda parisiense. Mistura o artesanal hippie – muito crochê, rendas, bordados – com referências ciganas. Bohème, porque lembra a Bohemia, região onde habitam ciganos. Bourgeois, porque é look de gente urbana, burguesa, que combina grifes com artesanal, jeans com texturas leves. Na decoração, se liga ao estilo Provençal

Boudoir Allure (diga: buduar alirre) _ em francês, é a atitude de quarto, mania que está pegando desde o desfile de outubro 97 de Dior by John Galliano. Na prática, são roupas que lembram roupões, camisolas, baby-dolls. Gênero Hilda Furacão…

Brandenburgos* (aportuguesamento de “brandenbourg”): são arabescos de couro ou passamanaria, que no século 17 eram usados nas fardas dos solados, durante o reinado de Luis 14. O nome deriva da cidade alemã de onde vinham as passamanarias, de Brandenbourg.

Burquíni – (ou burkini) traje de praia que cobre quase todo o corpo, usado pelas muçulmanas (2016). Anda provocando polêmica principalmente na França

C
Cache-coeur
:
já falei? (diga Caxe-quer) é a blusa inspirada na roupa de aula das bailarinas. De malha ou tricô, cruza na frente, amarra na cintura ou abaixo do busto.

Capri (diga Cápri) calça curta, uma corsária alongada, em geral com abertinho na barra.

Cardigan (diga cardigã): casaco de malha, decote em V.

Cargo: as roupas inspirados no estilo militar, com bolsões chapados laterais.

Cinco-bolsos _ como a moda chama as calças tradicionais de jeans, que têm dois bolsos grandes e um pequenininho para moedas na frente e dois chapados atrás.

Chamois couro macio e fino, em geral de cabra ou carneiro.

Cleansing (diga “clínssin”): significa limpeza.

Conceito: loja conceito é uma evolução da antiga matriz ou da mais recente flagship. É uma espécie de teste para peças mais avançadas ou mais caras. Ou onde são expostas as propostas de forma mais didática e menos comercial. Conceito em si é um tema, um perfil ou uma linha de trabalho

Cool (em inglês; frio. Pronúncia original: cuul, com u longo. Mas em Paris, é cuule, acabando em e rápido) em moda e em comportamento, define o estado indiferente, que não faz questão de nada, nem liga para ninguém. Atitude calma e distante. Esta no auge da moda, como seqüela do minimalismo, que era um pouco demais para a maioria do consumo. Em Paris, diz-se de uma roupa meio espalhafatosa: “é, tem muitos detalhes, é muito colorida.’ E completa-se com um sorriso de desculpas, “Mas é cool”.

Cool Wave (diga cul uêive): é um dos perfumes do desodorante da Gillette, significa “onda fria”.

Coulissé (diga “culissê) é “franzido”, “puxado com fio” em francês. Na moda, designa a barra apertada por cadarço roliço ou rolotê grosso. É o acabamento franzido por tira embutida na barra. Usa-se mais desfeito. Se amarrar, fica um horror.

Corner (diga córner): em inglês, pode ser canto, esquina, ângulo.

Crispy:crespo, no literal, que encrespa. Um frio daqueles secos, que arrepia, é crispy. Um linho que parece buclê, também é crispy _ seco e emboladinho.

Cropped: (diga “crópd”): em inglês, significa cortado. Aplica-se às peças encurtadas que estão em moda há um ano. Por exemplo, a saia-calça mais ajustada virou calça cropped; a antiga miniblusa virou blusa cropped.

Cuissarde bota decano acima dos joelhos. Ou no meio das coxas (“cuisse”, em francês).

D
Damier
: tabuleiro de jogo de damas, em francês. Nome da estampa de quadrados em um tom de marrom e outro bege, da Louis Vuitton.

Déjà-vu (diga dêjávi, fazendo biquinho no i): já visto, uma expressão bem comum. Muito expressiva, menos agressiva que dizer que algo é “batido”.

Desconstruído: em moda, identifica a roupa com modelagem clássica, que é desmanchada e refeita, desviando dos padrões originais.

Duffle-coat* (diga “dafol-cout”); palavra inglesa para o casaco todo pespontado de lã grossa, rústica, que era feita na cidade de Duffel , na Bélgica. Em geral, tem capuz, grandes bolsos e brandenburgos de tecido como fechos (ver “brandenburgos“).

E
Early Bird
(diga êrli bêrd): significa pássaro madrugador. Expressão usada nos EUA para os que chegam mais cedo. Principalmente nos estacionamentos de Manhattan, os early birds ganham bons descontos nas diárias.

Ébène (diga êbéne): em francês, quer dizer ébano, a madeira negra.

Espinha-de-peixe: tecido de terno tradicional, com trama em zig-zag. Em francês é conhecido como “chevron”, em inglês, é “herringbone”.

Estruturado: vem de estrutura, claro. Em moda, usa-se para as roupas com corte e montagem certa no corpo, ou que remodele o corpo com artifícios de corte. Em geral, está presente na alfaiataria, nos blazers e casacões.

Evasé: (palavra em francês. Diga êvasê) significa a forma que abre, como uma cúpula de abajur. Vista primeiro nas saias de Courrèges nos anos 60, agora nos anos 90 volta à moda.

F

Fascinator: (diga facinêitor) um tipo de acessório de cabeça, menor que um chapéu, quase um arranjo apenas. Em geral, feito com plumas, penas, continhas, miçangas e flores, pode ser fixo com pente ou grampinhos. No Brasil, Denis Linhares assina coleções de fascinators

Fio Zero Twist: fio distorcido, envolto por outro fio, sintético, que dá mais resistência. Quando o fio é beneficiado, o sintético se dissolve, forma um produto macio e de extrema absorção

Flagship (diga flégchip) palavra inglesa que em geral vem seguida por shop (loja) para designar a loja-matriz ou a loja conceito de uma marca. Nem sempre é a primeira ou a maior, mas é a principal

Sapato oxford flatform da Prada

Sapato oxford flatform da Prada

Flatform: (diga fletfórm) sapato com solado alto, como uma plataforma inteiriça. Mistura de flat, como também são chamadas as sandálias rasteiras, e form, sílaba final de platform (plataforma)

Furtacor: parece mentira, mas acho que a palavra francesa é mais conhecida desta geração: changeant. Refere-se aos tecidos e matérias que parecem mudar de cor conforme o ângulo que são vistas. Se tem a palavra em português, prefiro. E por favor, parem de substituir “moda” por “fashion”. Sabiam que é a mesma coisa?

Full Package: sistema de venda de roupas, em geral feito por uma tecelagem, que entrega a roupa confeccionada de acordo com o estilo, a modelagem e a grade do cliente.

G

Gancho: parte da calça também conhecida como entrepernas ou cavalo, depende da região

H

Hábito: roupa usada por religiosos (poucas ordens ainda usam, na verdade), No entanto, ainda inspira muitas coleções

I

J

Jodhpur: é lugar na Índia, mas na moda é a calça de montaria com reforços na parte interna das pernas.

K

L
Leave-on
(diga “lívon”): significa “deixar sobre”, mais ou menos. Aplica-se aos cremes de cabelo que a gente deixa, não enxágua
.

Liberty (diga líberti): estampas de flores em buquês, de jeito antigo.

M
Madras
:
(diga “mádras”) é indiana, designa o tecido de algodão com fios multicoloridos em harmonias suaves, que vinha da região de Madras, na Índia. Foi muito popular nos anos 70, agora existe em sedas, tafetás, além do algodão.

Mainstream: a corrente predominante, tanto no mar, no ar como…na moda. Não se fala “seguir a corrente” em português?

Martingale (diga “martangale”): palavra francesa que designa uma tirinha reguladora, em geral por botões, nas costas de um casaco, na altura da cintura.
Alcinha quase sempre abotoada ou afivelada, marcando a cintura nas costas dos casacos.

Master sample (diga “máster sampol”): é a peça-mãe, o protótipo de um produto, a amostra. Em português, usa-se “peça-piloto”.

Minimalista: a pedidos, dou a versão-moda. Saiu da Arte, onde um traço poderia significar uma obra-prima. Na roupa, quer dizer que quanto menos, melhor. Sem babadinhos, franzidinhos, enfeitinhos. A roupa é seca, sóbria, em cor neutra. Uma boa solução, sempre que ficarmos em dúvida quanto ao que vestir: simples. Não interpretem como minimalismo de peças, senão começa todo mundo a sair nú por aí.

Mitaine luvas de cano longo, sem dedos. Pode ter uma alcinha fina, prendendo em um dos dedos, o médio.

Modal: novo tipo de tecido, que inclui fios feitos a partir de viscose _ ou seja fibras vegetais. É macio, “respira” bem. Sintético dos anos 90.

Moisturizing (diga “móistiuráizin”): é hidratante, ou umedecedor.

Mon Copain (diga “mon copén”): em francês, meu companheiro.

Monocromáticas: peça de uma só cor. Mono/ uma e cromo/cor. Se foram muitas cores, o prefixo muda para “poli”, policromático.

Moulage (diga “mulage”): técnica de modelagem muito usada atualmente. O tecido é montado e ajustado diretamente no manequim de atelier (boneco de alfaiate ou busto), é feito o molde em morim (ou no próprio tecido da roupa definitiva).

Multimarca: palavra que define a loja que vende roupas de várias marcas. Um tipo de comércio que foi forte nacionalmente nos anos 70, entrou em decadência nos 80 e princípio dos 90 _ porque valia mais a pena desenvolver a própria marca e vender para suas próprias lojas, formando grandes redes _,e agora, com a possibilidade de importar, está voltando a se fortalecer. Agora, a multimarca recomeça a fazer sucesso. A Daslu, de São Paulo achou a fórmula certa, de combinar sua etiqueta com marcas internacionais.

N
Neck Towel
(diga néc tauel): toalha estreitinha, para o maridão botar no pescoço, quando faz a barba.

O
Over-size
(diga: ôverssaize): em inglês, quer dizer grande demais, acima do tamanho. Define a roupa jovem, grandona, larga, que entra no estilo de rua (ou streetwear).

P
Pedido
: no dicionário básico da moda, este sistema quase acabou. Chama-se pedido o que os compradores das lojas fazem nas feiras e atacados. Eles vêem a coleção, selecionam as peças que gostam mais e encomendam à confecção, combinando prazos de entrega e pagamentos. Por isto, os lançamentos devem ser antecipados, para dar tempo de haver este contato de escolha e produção. A coleção de inverno, por exemplo, que será vestida a partir de junho, e deve estar indo para as lojas em fins de março, tem que ser lançada no máximo em janeiro, auge do verão, para dar tempo de os pedidos serem feitos, fabricados e entregues. Identifica-se um leigo na moda quem se admira ou fica indignado com esta antecedência.

Pronta-entrega: estratégia de vendas que fez a fama de Copacabana e da Rua João Cachoeiro (em São Paulo) nos anos 70. Consiste em fabricar toda a produção prevista para uma estação esperar que os lojistas venham se abastecer. Há alguns riscos, como o da coleção não agradar, ou alguma crise econômica provocar retração por parte dos lojistas _ eles ficam com medo de vender pouco, e não terem como pagar as faturas.

Q
Quermesse
(diga “kermesse” ): é português mesmo! Para quem não conhece, designava feiras nos pátios das igrejas, em geral com fins beneficentes. Tinha de tudo, desde tiro-ao-alvo até venda de doces caseiros, feitos pelas fiéis. Igual às feiras de moda atuais!

R
Regalo
rolinho, em geral de pele, para esquentar as mãos no inverno rigoroso. Meio antigo.

Revival:(diga “riváival”) – renascimento, reviver. Em moda, rever um estilo antigo.

Marcelo Novaes lança a marca Asterisco, em prata 950 e diamantes

As joias de Marcelo Novaes são de prata 950 com banho de ródio (foto Ines Rozario / 2016)

Ródio: metal da família da platina. Usado para dar banho em joias de prata, para evitar arranhões ou em de ouro branco, para dar o acabamento que tira o tom natural amarelado do ouro

Ruço: como falamos em moda de Petrópolis, é preciso dizer que ruço é como os serranos chamam a neblina formada na serra.

S
SAC
: iniciais que significam Serviço de Atendimento ao Consumidor, uma das melhores formas de se comunicar com as empresas. Bom para saber o endereço mais próximo da roupa ou acessório que nos interessam.

Saia trompete: modelo de saia com babado enviesado na barra, lembrando um trompete

Trompete: o instrumento e a saia da Renner, em 2014

Sal-e-pimenta: tipo de tecido, normalmente usado na moda masculina, uma trama preto e branca, que lembra sal e pimenta do reino.

Sautoir (diga sôtoar)- colar longo, pode dar um nó na frente. Frequente na década de 1920, acompanhando looks de melindrosas, na era do Charleston. Valem pérolas, contas diversas, intercalar com figuras de flores ou borboletas

 

 

Shaila – lenço usado pelas muçulmanas. Forma menos radical de look. Tem técnicas especiais para ser amarrado, mas pode complementar roupas comuns

Spicy (diga spáici); apimentado, temperado, quente. Um perfume pode ser spicy, quando cheira a sálvia, cipreste, e agora até o óleo de pimenta negra, que faz parte do Extreme Polo Sport, do Ralph Lauren.

Statement: esta não é de moda, mas usada para definir estilos com muita afirmação

T

Telefone: mudamos de tópico. Muita gente se enrola quando vê um número com palavras, como no caso do hotel Renaissance Mayflower. É 1-800-HOTELS-1. O que significa prestar atenção nas letras escritas nas teclas, junto com os números. Aí, seria 1-800-468-357-1

Toile de Jouy, da Regatta Tecidos

Toile de Jouy, da Regatta Tecidos

 

 

Toile de Jouy (diga tuale de juí) estampa comum em decoração, com paisagens campestres em tecidos de tramas em geral rústicas. Equivalente aos motivos da porcelana Companhia das índias

 

                                                                                                                       

carteira feita com tiras de tururi

Tururi – palmeira do Pará, cuja casca fornece um material pronto para servir para a moda, acessórios e objetos variados. Não é uma fibra, nem precisa ser tramado. Pode ser tingido e cortado. Primeiras criadoras a usar foram as costureiras da Costa Amazonia, sediadas no Pará.

Twin-set (diga “tuínsset”): conjunto gêmeo, literalmente. Aplica-se ao conjunto de suéter e casaquinho, ambos no mesmo material e colorido. Há desde os twin-sets de algodão, da Hering, até os luxuosos da Andrea Saleto, em mohair bordado.

U

V

Varsity jackets são preciosas para os personagens de Universidade Monstros

 

Varsity Jacket (diga vársiti ject): é o blusão com monograma que vale como uma espécie de prêmio para estudantes que se destacam nos esportes (como beisebol, por exemplo). A onda começou em Harvard (tinha que ser, a universidade mais famosa do mundo) em 1865. Daí saíram as Varsity Letters. Ou as letras de Universidade, um padrão que no Brasil se denomina College.

Vichy (diga: vixí): palavra francesa que designa o xadrez estilo toalha de piquenique ou de cantina italiana. O tecido ficou famoso na época em que era a lonita favorita dos vestidos de Brigitte Bardot, nos anos 60

W
Week (diga: uíc): significa semana, em inglês.

Wild Rain (diga: uaild rein, com um R mole): é um perfume do desodorante da Gillette, significa ” chuva selvagem”.

X

Y

Z