IMG_964720h50

Pois foi só o tema que esquentou, porque as roupas liberavam os braços e pernas (em comprimento discreto), os pés estavam calçados com sandálias e as cores eram suaves. No mais, foi a modelagem de moulage de sempre, a elegância típica do Ranieri, um estilo próprio – que raridade. Faltou um cuidado maior na produção. Não é questão de elenco, modelo top é bom, mas não melhora pouco a coleção. É falta de acabamento, botar umas jóias, uns brincos, algo assim  altura da classe da moda do estilista.
21h00

Ficha
estilo: Wilson Ranieri
Maquilagem: Vanessa Rozan para MAC
Cabelo: Rogerio Santana para Hit
Trilha: Andrea Gram
Cenário: ag. Dama
direção: Roberta Marzolla
produção executiva: Alexandre Queiroz

Intervalo / com esta onda de salas sem passarelas nem passadeiras, acabou o mercado de trabalho dos puxadores de plástico do piso / stomp, stomp, faziam as modelos pisando na passarela baixinha do Ranieri. Aumentou a volume da música e fez-se o silêncio / Donizetti, Fabio, Jacimar, Tania, Janete: nomes mágicos no evento de São Paulo